Hoje falaremos de um caso no qual a Toxina Botulínica pode atuar como agente reparador de danos faciais. Conversamos com o Dr. Vitorio, diretor da Clínica Maddarena, que nos falou de um distúrbio que ataca os músculos da face: a Paralisia Facial Periférica.

A Paralisia Facial Periférica é um distúrbio que pode ser causado por estresse, fadiga, queda de imunidade, vírus ou bactérias. O choque térmico, por exemplo, é encarado pelo organismo como um tipo de estresse e é mais um fator causador deste tipo de paralisia. Ele compromete o sistema imunológico e abre caminho para que algum vírus ataque o nervo facial. Seu efeito mais conhecido é a popular “boca torta”.

O vírus do herpes é o causador mais comum deste distúrbio e o faz quando provoca uma reação inflamatória no nervo facial. Tal inflamação causa no paciente dificuldades para realizar movimentos simples como mastigar, sorrir, levantar a sobrancelha, entre outras. “A Paralisia Facial Periférica, quando detectada, pode ter seus efeitos diminuídos com aplicações da Toxina Botulínica, que consegue promover o relaxamento dos músculos contraídos e amenizar os espasmos involuntários”, explica o Dr. Vitorio.

Esperamos que as informações tenham sido proveitosas e que, ao perceber algum dos sintomas citados acima, um médico seja consultado. Nos próximos dias, falaremos a respeito de uma doença que pode ter seus efeitos amenizados pela aplicação da Toxina Botulínica, fique ligado(a)!

VEJA MAIS POSTS SOBRE

CONTATO

Para mais informações, entre em contato conosco.