Tag: "pós-operatório"

Voltamos a falar da recuperação da Cruroplastia trazendo informações a respeito dos cuidados com as cicatrizes, marcas inevitáveis dessa cirurgia na região das coxas. Além disso, conversamos com o Dr. Vitorio, diretor da Clínica Maddarena, para esclarecermos a função exata das meias antitrombóticas nos pacientes recém-operados.

O Dr. Vitorio nos explicou que o uso de meias de compressão é indicado após a Dermolipectomia Crural pois elas atuam na diminuição do edema (inchaço), além de terem ação preventiva contra trombose. Sobre o mesmo tema ele também alertou a respeito do uso de remédios específicos: “dependendo das condições clínicas individuais pode ser necessário o uso de medicamentos anticoagulantes nos dez dias seguintes à cirurgia”.

Cuidados com as cicatrizes também são importantes, como massagens e o uso de cremes e fitas compressivas que levarão ao melhor resultado possível. É importante lembrar que a cicatrização é um processo longo e contínuo (um ano, no mínimo) e que o acompanhamento médico para receber orientações nesse período é importante.

Todos esses cuidados citados devem ser seguidos à risca a fim de que a recuperação do paciente seja satisfatória e com o mínimo desconforto. Os bons resultados da Cruroplastia também estão ligados a um processo pós-operatório baseado na obediência às recomendações médicas.

Conforme prometido, hoje daremos dicas sobre o processo de recuperação da Mamoplastia. Nosso objetivo é ajudá-la a se programar com antecedência para esse período fundamental para se atingir um bom resultado final.

A mama se apoia no músculo que movimenta o braço, de forma que os movimentos do membro superior devem ser contidos e deve-se evitar elevar os cotovelos acima dos ombros. Em decorrência disso, recomenda-se que se evite vestir blusas fechadas. Será de extrema importância também alguma ajuda na hora de lavar e pentear os cabelos. É necessário usar um sutiã pós-cirúrgico nas primeiras semanas.

Alguns cuidados gerais, válidos também para outras cirurgias são evitar esforços e exposição a fontes de calor e à luz do sol. O Dr. Vitorio, diretor da Clínica Maddarena, traz conselhos para você que pretende se submeter à plástica mamária: “A alta hospitalar é no dia seguinte à cirurgia, podendo até mesmo ser no mesmo dia. Em casa você já poderá caminhar, evitando apenas esforços maiores. É importante que atividades que envolvam os membros superiores, como dirigir e determinados exercícios só sejam retomados após 2 a 4 semanas, de maneira gradual e sempre seguindo as orientações de seu médico”.

Continue nos seguindo aqui no blog e nas redes sociais, e aproveite para nos enviar dúvidas sobre Mamoplastia ou qualquer um dos outros procedimentos para que possamos respondê-las dentro dos nossos próximos posts.

VEJA MAIS POSTS SOBRE

Trazemos hoje informações a respeito do processo de recuperação da Bichectomia. Entrevistamos o Dr. Vitorio Maddarena, que deu mais detalhes sobre o procedimento em si e listou algumas dicas importantes sobre cuidados durante o período pós-operatório.

Ele nos deu detalhes de como o cirurgião consegue localizar a Bola de Bichat para, posteriormente, removê-la: “Nessa cirurgia são feitas duas pequenas incisões, uma de cada lado, por dentro da bochecha, no interior da boca”. Em seguida, nos revelou como é feito o fechamento do corte e como o paciente deve lidar com ele: “Via de regra os pontos são dados com fios de sutura absorvíveis, o que significa que cairão sozinhos após cerca de 1 semana. ”

Quanto à alimentação e higiene, é importante não comer alimentos muito duros e/ou muito quentes. A higienização da boca após a alimentação também é fundamental. “Para isso, faça bochechos com antissépticos orais, ou até mesmo com água filtrada e/ou fervida”, completou o Dr. Vitorio.

A Bichectomia é uma cirurgia, portanto alguns cuidados como evitar exposição a fontes de calor e esforços nos primeiros dias também se aplicam a ela e impactam no resultado final. Se o procedimento te interessou, procure um médico especialista e agende uma avaliação. Caso haja dúvidas, não deixe de nos perguntar pelas redes sociais para que possamos ajudar a esclarecê-las.

Há uma série de recomendações médicas a serem seguidas pelo paciente após ele ter se submetido a algum procedimento cirúrgico. Já mostramos diversas vezes aqui neste blog alguns dos cuidados que se deve ter no processo de recuperação de várias cirurgias. O objetivo do post de hoje é apresentar alguns tratamentos estéticos que, quando associados, auxiliam o paciente durante o período pós-operatório.

Conversamos sobre o assunto com a Luciana Porto, coordenadora da área de Estética da Clínica Maddarena. Ela falou a respeito de técnicas que auxiliam na redução de edemas e fibroses: “indicamos a associação de três tipos de tratamento: a Drenagem Linfática, o Ultrassom e o Multiwaves. ”

Luciana explicou que a Drenagem Linfática é uma técnica realizada por profissionais capacitados e consiste em movimentos suaves em pontos específicos. Tais movimentos colaboram para a diminuição de edemas e inchaços provenientes do procedimento cirúrgico.

Já no Ultrassom, ondas são emitidas com o objetivo de diminuir fibroses por ter efeito anti-inflamatório.

O terceiro tratamento estético complementar é o de Multiwaves, terapia realizada por meio da aplicação de luzes de LED. “O Multiwaves é um tratamento totalmente indolor que auxilia no processo de recuperação dos tecidos. Ele tem excelente indicação no pós-operatório pois minimiza os desconfortos causados neste período e acelera a cicatrização”, explica Luciana.

Esperamos que as informações tenham sido esclarecedoras e que você, leitor(a) que pretende realizar alguma cirurgia, considere incluir esses tratamentos como ferramentas auxiliares à sua recuperação.

Dissemos no post anterior a respeito do pós-operatório da Rinoplastia que ainda havia muitas informações para serem compartilhadas neste blog. Sendo assim, hoje voltamos a este assunto para falarmos de algumas restrições ao paciente recém submetido à cirurgia do nariz.

O repouso é muito importante após todo procedimento cirúrgico. No caso da Rinoplastia, isto não é diferente. A partir do quarto dia, o paciente já começa a se sentir mais à vontade e disposto para realizar as atividades mais suaves do cotidiano.

O retorno ao trabalho já demanda mais alguns dias, até por conta dos pontos e do curativo com tala que é colocado após a cirurgia. O profissional responsável pela cirurgia vai definir de acordo com o caso do paciente uma data razoável para que esse retorno ocorra.

Para as atividades físicas, deve-se ter um pouco mais de paciência. Caminhadas leves, por exemplo, só são indicadas para pacientes com mais de um mês de cirurgia. Práticas mais pesadas, como musculação, devem esperar um pouco mais: de dois a três meses. Já no caso de atividades com risco de trauma, como lutas, esportes com bola e até a dança, deve-se consultar o médico para que ele avalie o período ideal para o retorno.

A utilização de óculos também deve ser retomada cerca de um mês após a cirurgia do nariz, já que um dos apoios deles é exatamente a região envolvida no procedimento.

Toda a paciência e cuidados neste período delicado são fundamentais para que os resultados esperados sejam alcançados. Caso ainda haja dúvidas sobre o período pós-operatório da Rinoplastia, envie-nos pelas nossas redes sociais!

CONTATO

Para mais informações, entre em contato conosco.