Depois que a equipe médica termina cada cirurgia, todos experimentam uma sensação de felicidade diante do dever cumprido. Mas então é preciso que haja muita cooperação do paciente. Para que os resultados sejam plenamente alcançados, nada de relaxar: é hora de caprichar nos cuidados depois da cirurgia plástica.

Algumas recomendações são comuns a todas as operações:

– Evite esforços físicos intensos.

– Mas nada de ficar só na cama. Algumas vezes ao dia, dê um tempo no Netflix, levante-se e faça caminhadas leves, ainda que somente dentro de casa.

– Tome bastante água. A boa hidratação ajuda na recuperação do organismo.

– Evite ficar próximo de fontes de calor. Além da percepção tátil estar diminuída, os tecidos também se encontrarão fragilizados e suportando menos as altas temperaturas.

– O mesmo vale para baixas temperaturas. Assim, gelo sobre a área operada não costuma ser uma boa ideia.

Cintas e modeladores: o começo dos cuidados depois da cirurgia plástica

No pós-operatório, os tecidos precisam ficar em repouso, para que ocorra a adesão entre eles novamente. Também é importante, no processo de cicatrização, que haja aumento da chegada de líquidos aos tecidos.

Por isso muitas vezes é indicado o uso de cintas e modeladores na recuperação. Tal prática mantém os tecidos semi-imobilizados e também evita o acúmulo de líquidos em excesso nas áreas operadas. Além disso, esses acessórios terapêuticos ajudam a evitar sangramentos internos indesejáveis.

Sol

A exposição à luz do sol deve ser evitada. Isso porque a cor arroxeada dos hematomas no pós-operatório é causada pelo sangue fora dos vasos sanguíneos. Os raios ultravioletas emitidos pelo sol são capazes de fixar os pigmentos nos tecidos – tornando, então, essas manchas marcas permanentes.

Assim, enquanto houver sinais de hematomas na pele, proteja-se sempre da luz do sol.

Retorno ao dia a dia

É preciso controlar a ansiedade para retornar às atividades normais depois de uma cirurgia. Tudo tem de ser feito de forma gradual, com cuidado para não ultrapassar os limites do organismo.

Tenha em mente que mesmo com o local já aparentando cicatrização, por dentro está em curso um processo de restauração das estruturas. Esforços excessivos podem romper pontos internos.

Por outro lado, o organismo responde à lei do uso e desuso. Ou seja: se não houver estímulo, o corpo não terá pressa em se restabelecer. Portanto, nada de ficar deitado o dia todo. É preciso se levantar, fazer movimentos suaves e pequenas caminhadas.

E sempre converse com seu médico sobre as orientações e limitações adequadas a seu caso.

Boa recuperação!

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.