fbpx

Tag: "Fake news"

Por Dr. Vitorio Maddarena 

Cirurgião plástico e Diretor Clínico da Clínica Maddarena

 

A popularização das redes sociais e de aplicativos como WhatsApp, se por um lado ajudou a deixar as pessoas mais próximas e conectadas, por outro facilitou a propagação de boatos, inverdades e lorotas. São as fake news, informações mentirosas que são difundidas em menor ou maior grau em todas as partes do mundo, e sobre os mais diversos tipos de assuntos.

Como médico, eu me preocupo muito com um tipo de fake news que pode, sim, ser um problema de saúde pública. São aquelas mensagens sem nenhuma comprovação científica que trazem dicas com supostas curas milagrosas. Tem de tudo: desde afirmações de que chá de erva doce seria o princípio ativo de medicamentos de ponta contra a gripe até uma história de que um médico vietnamita teria descoberto que farinha de trigo faz sarar queimadura na pele. Tudo mentira. Tudo fake news.

Essas inverdades acabam se propagando mais rapidamente quando há notícias de surtos, como no caso do novo coronavírus. Em pânico, as pessoas tendem a repassar mais essas informações, sem refletir muito sobre quão absurdas elas são. O que só gera mais pânico, é claro.

Sei que muitas vezes as pessoas reencaminham mensagens assim com a melhor das intenções: querem compartilhar com pessoas queridas aquilo que parece ser uma dica útil. Contudo, em se tratando de saúde, qualquer crença sem embasamento científico pode, em vez de ajudar, prejudicar. Com isso não se brinca.

Há até um site do Ministério da Saúde, criado há dois anos, que checa a veracidade dessas mensagens disseminadas via aplicativos. Trata-se do http://saude.gov.br/fakenews. É um bom ponto de partida para que você veja se a mensagem recebida tem algum fundo de verdade.

Minha dica é para tomarmos cuidado. Não repassar informações do tipo é uma atitude cidadã e socialmente responsável. Se cada um fizer sua parte, as fake news não irão sobreviver. E precisamos, sim, tratá-las como um problema de saúde pública.

Sempre que tiver alguma dúvida sobre uma questão de saúde, procure seu médico de confiança. Ele estará pronto para lhe explicar, cientificamente, o que tem de verdade e o que tem de mentira em supostos tratamentos.

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

VEJA MAIS POSTS SOBRE
×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.