fbpx

Tag: "nutrição"

Na correria do dia a dia, você se lembra de tomar água? Parece bobagem, mas muita gente acaba ingerindo menos água do que deveria — e a bebida é fundamental para o funcionamento do organismo, garantindo incontáveis benefícios para o corpo.

A quantidade ideal de água varia conforme a idade e o nível de atividade física de cada um. Em geral, recomenda-se 2 litros por dia. Uma boa hidratação ajuda o organismo a eliminar toxinas, protegendo os rins e contribuindo para a prevenção de doenças cardíacas. 

Mas os benefícios não param por aí. Veja a seguir alguns efeitos de uma boa hidratação na beleza corporal. 

 

Pele e água

O organismo bem hidratado favorece a aparência brilhante e jovem da pele. Isto porque a sustentação da pele depende de um líquido entre as células — quando falta, a aparência do tecido pode ficar sem viço e flácida. 

A ingestão de água também contribui para a excreção de toxinas que prejudicam a pele. 

 

Olhos

É fundamental beber bastante água para que os olhos fiquem protegidos de ressecamento e, assim, menos suscetíveis a lesões, infecções e inflamações. Os olhos são muito sensíveis a um quadro de desidratação.

 

Perda de peso

Há duas explicações sobre como a ingestão de água ajuda a emagrecer. A primeira é óbvia: como o líquido ocupa espaço no estômago, tomar bastante água dá certa sensação de saciedade e faz com que a pessoa ingira menos comida. 

A outra tem a ver com o sistema nervoso. Pesquisas indicam que a ingestão de água estimula a atividade do mesmo e, assim, aumenta o gasto energético de cada um.

 

Esportes

Um organismo bem hidratado também é necessário para uma boa prática esportiva. Isso porque, durante o treino, há muita perda de água pelo suor — e a falta de hidratação acarreta em piora do desempenho. Outro ponto importante é que a água ajuda a controlar a temperatura corporal.

 

Dá para variar muito

Coloque uma fatia de limão ou laranja na água e curta um saborzinho diferente. Quer variar mais? Faça uma pausa no dia com um bom chá ou suco natural de frutas. Evite adoçar a bebida para não transformar seu ritual de hidratação em uma oportunidade de ingerir calorias vazias.

 

Não descuide!

Por esses e muitos outros motivos, não descuide da água. Mantenha o hábito de ter uma garrafinha cheia sempre à mão e incorpore à rotina os copos d’água ao longo do dia. Você vai sentir os resultados em sua disposição e rapidinho manterá esse hábito saudável.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Atire a primeira fruta quem nunca sentiu vontade de abusar dos pratos calóricos — de preferência encolhido no sofá, com cobertor e tudo, e televisão ligada — num dia mais friozinho. 

Não precisa se culpar tanto assim. A ciência explica o que acontece no nosso corpo quando a temperatura do ambiente está mais fria — e comer mais é perfeitamente natural. Trata-se de uma forma de gerarmos energia para que a nossa temperatura corporal, essa de cerca de 36,5 graus, seja mantida.

Mas há alguns truques para você conseguir fugir da tentação de ficar só nas bombas calóricas e não descuidar da alimentação no inverno. Até porque, nesta época do ano, também o ânimo para praticar atividades físicas costuma cair. 

 

Frutas e legumes

Em dias mais frios, normalmente temos menos vontade de consumir frutas e legumes. A ideia é mudar um pouco a cara desses vegetais para que eles se tornem palatáveis também no inverno. 

Um exemplo: temperar a banana com um pouco de pó de canela e esquentá-la no microondas — quentinha, ela vai se tornar uma sobremesa bem mais apetitosa nesta época do ano.

No caso dos legumes, um jeito bacana de resolver é fazendo caprichadas sopas. 

 

Sementes e temperos

Uma outra dica saudável que tem a cara do inverno é reforçar o consumo de sementes como linhaça e gergelim. São ingredientes que podem ser acrescentados nos pratos do dia e dia — e costumam ir muito bem. 

Temperos como cebola, alho, gengibre, pimentas, cravo, canela, curry e páprica têm um efeito de “esquentar” o organismo, tornando a comida mais agradável nos períodos mais frios.

 

Chás e infusões

Essas bebidas quentes são muito bem-vindas em dias de inverno. E um jeito de compensar a falta de hidratação que pode ocorrer nesta época do ano — já que, sem querer, acabamos nos esquecendo de tomar água frequentemente. 

 

Acompanhamento

Se você quer um acompanhamento mais adequado para o seu perfil, respeitando os cuidados ao seu organismo nesta época do ano, agende uma consulta com um médico nutrólogo de sua confiança. Ele saberá avaliar as necessidades e demandas de seu corpo e, juntamente com seus gostos pessoais, orientar você a ter uma alimentação mais equilibrada, saudável e correta. 

Vale ter uns dias de preguiça no sofá, para curtir o friozinho vendo sua série favorita na TV, é claro. Só não vale viver o inverno como se não houvesse amanhã!

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Essa pergunta é muito comum na primeira consulta dos pacientes com a nossa nutricionista e Coach em emagrecimento Luciana Porto:
“POR QUE NÃO EMAGREÇO, SE FAÇO TUDO CERTO?”
Muitas pessoas passam por essa situação e nem imaginam o porquê.
Luciana, através de um bate papo agradável, consegue identificar as fragilidades de seus pacientes neste processo para orientá-los conforme cada caso.
Os principais motivos para são:
• Comportamental
Quando o paciente consegue manter o equilíbrio seguindo uma boa alimentação apenas de segunda à sexta, mas durante o fim de semana come muito, sem pensar na qualidade do alimento que está ingerindo.
• Dietas restritivas
Quando o paciente se limita a comer o mínimo possível, sem se atentar a quantidade de proteína e de gordura boa que compõe a sua dieta. Elas são responsáveis pela saciedade, ou seja, não adianta comer pouco se você não comer o alimento certo.
• Ingestão de líquidos
Sabia que muitas vezes confundimos sede com fome?
A área do cérebro responsável por enviar a mensagem ao organismo de que seu corpo está com fome ou com sede é o hipotálamo. Por isso, é possível confundir essas sensações.
Experimente ingerir um copo de água ao invés de alimentos. Pode ser aromatizada, se você preferir.
• Pouca atividade física
Você precisa manter uma rotina diária ou de pelo menos 5 vezes por semana praticando uma atividade física por pelo menos 40 minutos. Caminhar em ritmo acelerado ou correr, dançar, praticar alguma arte marcial. Você tem que suar! E desoxidar as gordurinhas instaladas em seu corpo e gastar todas elas.
É importante saber que o emagrecimento envolve vários aspectos, tanto físico quanto emocional.
Por isso, sabemos que não é um processo fácil e requer uma conduta adequada e acompanhamento eficaz.
O processo de coaching envolve todos estes aspectos e te motivará a alcançar seu objetivo com a motivação e disciplinas necessárias.
Entre em contato com a gente e agende uma consulta com a nutricionista Luciana Porto.
E se quiser receber mais postagens com dicas como estas, siga a gente nas redes sociais.
×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.