fbpx

Tag: "Alimentação"

Atire a primeira fruta quem nunca sentiu vontade de abusar dos pratos calóricos — de preferência encolhido no sofá, com cobertor e tudo, e televisão ligada — num dia mais friozinho. 

Não precisa se culpar tanto assim. A ciência explica o que acontece no nosso corpo quando a temperatura do ambiente está mais fria — e comer mais é perfeitamente natural. Trata-se de uma forma de gerarmos energia para que a nossa temperatura corporal, essa de cerca de 36,5 graus, seja mantida.

Mas há alguns truques para você conseguir fugir da tentação de ficar só nas bombas calóricas e não descuidar da alimentação no inverno. Até porque, nesta época do ano, também o ânimo para praticar atividades físicas costuma cair. 

 

Frutas e legumes

Em dias mais frios, normalmente temos menos vontade de consumir frutas e legumes. A ideia é mudar um pouco a cara desses vegetais para que eles se tornem palatáveis também no inverno. 

Um exemplo: temperar a banana com um pouco de pó de canela e esquentá-la no microondas — quentinha, ela vai se tornar uma sobremesa bem mais apetitosa nesta época do ano.

No caso dos legumes, um jeito bacana de resolver é fazendo caprichadas sopas. 

 

Sementes e temperos

Uma outra dica saudável que tem a cara do inverno é reforçar o consumo de sementes como linhaça e gergelim. São ingredientes que podem ser acrescentados nos pratos do dia e dia — e costumam ir muito bem. 

Temperos como cebola, alho, gengibre, pimentas, cravo, canela, curry e páprica têm um efeito de “esquentar” o organismo, tornando a comida mais agradável nos períodos mais frios.

 

Chás e infusões

Essas bebidas quentes são muito bem-vindas em dias de inverno. E um jeito de compensar a falta de hidratação que pode ocorrer nesta época do ano — já que, sem querer, acabamos nos esquecendo de tomar água frequentemente. 

 

Acompanhamento

Se você quer um acompanhamento mais adequado para o seu perfil, respeitando os cuidados ao seu organismo nesta época do ano, agende uma consulta com um médico nutrólogo de sua confiança. Ele saberá avaliar as necessidades e demandas de seu corpo e, juntamente com seus gostos pessoais, orientar você a ter uma alimentação mais equilibrada, saudável e correta. 

Vale ter uns dias de preguiça no sofá, para curtir o friozinho vendo sua série favorita na TV, é claro. Só não vale viver o inverno como se não houvesse amanhã!

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Anunciamos com muito orgulho a chegada da Dra. Ana Vitória Oliveira Almeida, médica nutróloga que veio reforçar nossa equipe multidisciplinar. A Dra. Ana Vitoria é graduada pela Universidade Estadual de Montes Claros, fez residência em pediatria pelo Hospital das Clínicas da UFMG e é pós-graduada em nutrologia e em medicina ortomolecular.

 

Batemos um papo com ela para entender um pouco mais o que um nutrólogo faz e por que esse profissional é essencial para quem quer ter uma vida saudável.

 

Qual a diferença entre um médico nutrólogo e um profissional nutricionista?

O nutrólogo é um médico especialista em metabolismo e alimentação. Avalia a ingestão de alimentos, tanto em nível hospitalar quanto em consultório, e suas repercussões na saúde. Também avalia os impactos do estilo de vida e como melhorá-lo. Pode prescrever medicamentos para tratamentos específicos e suplementação necessária a cada caso. 

 

O nutricionista é um profissional que cursa a faculdade de nutrição. Elabora dietas, adequa a alimentação de acordo com a necessidade e objetivo específico, mas não prescreve medicamentos.

 

Quais as principais queixas de um paciente?

Quem procura um nutrólogo geralmente vem se queixando de desânimo, apatia, queda de cabelo, falta de vitalidade ou sobrepeso. Cabe ao médico investigar o motivo desses problemas e identificar o tratamento adequado com base na ingestão correta de nutrientes. 

 

As queixas podem estar associadas a diversos motivos, como as doenças nutricionais. As mais comuns são a obesidade, o diabetes e a hipertensão arterial. Mas também o paciente pode – e deve – procurar um nutrólogo quando quer melhorar seus hábitos de vida e aprimorar sua ingestão de nutrientes. A atenção a uma vida saudável é muito importante para evitar doenças no futuro. 

 

Atletas que buscam melhorar a performance também precisam de um nutrólogo. Só ele é apto a prescrever suplementação com base na composição corporal e no metabolismo de cada paciente.

 

Como é um tratamento com um médico nutrólogo?

Para começar o tratamento, fazemos uma entrevista detalhada, analisando os exames laboratoriais do paciente e seu exame de composição corporal, que avalia o volume de gordura, músculos e ossos. Então, traçamos um programa individualizado que inclui ajuste alimentar, suplementação e orientações sobre estilo de vida saudável.

 

Se você quiser mais dicas e informações sobre essa área super rica da medicina, fique ligado no nosso blog e nas redes sociais!

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

VEJA MAIS POSTS SOBRE
×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.