fbpx

Você sabia que, a cada dez casos de câncer diagnosticado, três são câncer de pele? O Brasil é um dos países com maior incidência da doença, que aparece com mais frequência em pessoas expostas constantemente ao sol sem proteção.

As medidas de prevenção do câncer de pele são simples de seguir mas muitas vezes acabam ignoradas por falta de hábito. Veja com a gente pequenos passos importantes para uma vida mais saudável.

 

1. Pare e olhe o seu corpo

Tire a roupa e se olhe no espelho, procurando por manchas irregulares ou lesões na pele. Dedique 5 minutos para olhar toda a extensão do corpo, inclusive sola do pé e o couro cabeludo. Esse autoconhecimento é muito importante para todo mundo: é a chance de entender como o corpo funciona para que, em caso de alterações, elas sejam percebidas imediatamente.

 

2. Visite seu dermatologista

Qual foi a última vez em que você se consultou com um dermatologista? Se faz mais de um ano, agende agora, mesmo que você não tenha nenhuma queixa específica. Ele é o profissional capacitado a avaliar a pele em busca de lesões e a tirar todas as dúvidas a respeito de cuidados e prevenção de doenças.

 

3. Protetor solar é essencial — mas outras coisas também são

Falamos muito sobre a importância do protetor solar. Ele deve ser usado diariamente – mesmo em dias nublados – e retocado a cada três horas ou após suor excessivo. Seu uso é importante porque forma uma barreira entre a pele e os raios solares, ajudando a reduzir seus efeitos nocivos.

Mas há outras barreiras e hábitos igualmente importantes: como protetor solar não bloqueia os raios em sua totalidade, é recomendado que as pessoas evitem exposição prolongada ao sol nos horários em que ele está mais intenso, entre dez da manhã e quatro da tarde. Levante a mão quem, com a chegada do verão, nunca quis tirar o atraso e colocar o bronzeado em dia em uma única ida à praia. Mas bronze saudável é o construído aos poucos, com proteção e nos horários em que o sol está mais leve.

O uso de camiseta e óculos de sol também é incentivado pelos médicos, por oferecerem mais uma barreira física contra os raios solares. É importante combinar dois ou mais desses grandes aliados. A pele no futuro vai agradecer!

 

4. Não deixe para depois!

As manchas e pintas que mais merecem atenção são aquelas com pigmentação ou bordas irregulares, que cresceram nos últimos tempos, que doem ou coçam. Feridas que não cicatrizam também precisam ser examinadas. Encontrou uma lesão suspeita na pele? Não espere: procure seu dermatologista imediatamente.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.