fbpx

No post anterior sobre tratamento a Laser, explicamos como as luzes atuam na pele. Citamos também a questão do rejuvenescimento que ele pode proporcionar ao estimular as fibras de colágeno, de fora pra dentro da pele. Hoje, vamos mostrar outras aplicações da técnica, como para tratar manchas e vasos sanguíneos. Os aparelhos de Laser de alta precisão operam com comprimentos de onda específicos, que atuam somente com determinadas substâncias presentes na pele.

Nossa pele possui três substâncias importantes para a interação com o Laser:

– Melanina: pigmento natural da pele, de cor acastanhada;

– Hemoglobina: pigmento vermelho, presente nos vasos sanguíneos;

– Água: incolor, presente em todas as camadas da pele.

O Laser que interage com pigmentos acastanhados é o mais indicado para tratar manchas de pele. Já o Laser ideal para tratar lesões vasculares como hemangiomas e os populares “vasinhos de pele” é o que atua sobre os pigmentos vermelhos. Por fim, as luzes que interagem com a água da pele são as responsáveis pela renovação celular.

Não se esqueça que os tratamentos a Laser têm a função de atenuar imperfeições estéticas da pele e que os resultados variam de pessoa para pessoa. Se você quer melhorar a aparência por meio desta técnica, agende uma avaliação com um médico especialista que vai definir o tipo ideal de aplicação para o seu caso.

VEJA MAIS POSTS SOBRE
×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.