fbpx

Hoje faremos uma breve introdução ao assunto recuperação da Rinoplastia. Já abordamos em outros posts sobre a cirurgia do nariz as questões que envolvem correções estéticas, funcionais e de estrutura. Agora vamos falar de alguns pontos comuns aos pacientes que se submetem a este procedimento.

Começamos, então, com os curativos. O primeiro é feito pela equipe médica utilizando esparadrapos e uma pequena tala. Ainda na primeira semana o paciente deve retornar ao consultório para passar por uma avaliação pós-cirúrgica. Se tudo estiver dentro do esperado pelo especialista, o curativo é substituído por um mais simples, que deve ser mantido por mais alguns dias.

Alguns sintomas são comuns nos dias seguintes à Rinoplastia: pequenos sangramentos em forma de gotejamento, congestão nasal com certa dificuldade de respiração, diminuição de olfato, dormência na ponta do nariz e inchaço tanto no nariz quanto no lábio superior. Para cada um desses sintomas, há um tempo médio diferente de regressão, que será estipulado pela equipe médica responsável pela cirurgia.

É importante que o paciente siga todas as recomendações do seu médico e que entre em contato com ele caso perceba alguma alteração dentre os sintomas acima. Ainda temos muitas informações para compartilhar com vocês, leitores, a respeito da recuperação da Rinoplastia. Portanto, continuem nos acompanhando por aqui e em nossas mídias sociais.

VEJA MAIS POSTS SOBRE
×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.