fbpx

Temido por muitas mulheres, o culote é o acúmulo de gordura na região lateral das coxas. Ele pode ser aumentado por vários fatores, como predisposição genética, má alimentação e sedentarismo. 

Entenda com a gente como reduzir medidas na região!

 

1. Exercícios físicos

Não tem escapatória: colocar o corpo para mexer é a solução para muitos problemas, não só o culote. Uma vida ativa acelera o metabolismo, que ajuda na queima de gorduras do corpo todo. Exercícios específicos também podem ajudar a tonificar a região das pernas. Mas os benefícios não são só os imediatos: quem se exercita vive mais, melhor e reduz o risco de doenças graves. 

 

2. Alimentação

A boa alimentação também é um investimento para a vida toda. Dietas com quantidades reduzidas de açúcares e carboidratos ajudam a prevenir o acúmulo de gordura no culote e em outras áreas do corpo, inclusive no coração. Se você tem dúvidas sobre alimentação ou dificuldade em seguir um cardápio adequado, converse com um bom nutricionista. 

 

3. Coolsculpting

Uma das soluções mais modernas na redução de medidas, o coolsculpting congela a área do culote, fazendo com que, nas semanas seguintes, o corpo elimine gradualmente a gordura localizada. É um procedimento não-cirúrgico, indolor e que apresenta resultados já a primeira sessão. 

A técnica também pode ser usada em muitas outras regiões do corpo, como barriga, braços e papada. Saiba mais aqui.

 

4. Modelle

É possível associar diversas técnicas para atingir melhores resultados. O modelle é uma dessas estratégias. Juntando massagem modeladora com ultrassom, ele pode ser usado para reduzir celulite e medidas no culote. A massagem é feita com movimentos rítmicos e vigorosos, e são utilizados produtos com princípios que aumentam o fluxo sanguíneo. Assim, melhora-se a circulação e proporciona-se efeitos drenantes. O ultrassom é uma excelente alternativa para atenuar a celulite, por responder bem na quebra de moléculas que incham as células.

 

5. Cirurgia plástica

A lipoaspiração é uma ótima opção para casos persistentes de gordura localizada. Também pode ser feita uma lipoenxertia, técnica que tira gordura de uma região e coloca em outra no mesmo paciente, como nos glúteos. Em poucas semanas o paciente já está apto a retomar suas atividades habituais. Converse com um cirurgião plástico para entender melhor se a lipoaspiração é indicada para o seu quadro e lembre-se: cirurgia plástica só com cirurgião plástico!

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.