fbpx

Tag: "drenagem linfática"

A drenagem linfática consiste em uma massagem suave que conduz toxinas até os gânglios, localizados em áreas do nosso corpo como axilas e virilha. Depois de caírem na corrente sanguínea, as impurezas são filtradas pelo rim e liberadas pela urina.

É indicada para vários fins, como inchaço, celulite e depois de algumas cirurgias. Mas, apesar de ser uma terapia conhecida por muita gente, notamos que nossos pacientes ainda têm dúvidas sobre como ela funciona. Veja com a gente alguns mitos e verdades da drenagem linfática.

 

Drenagem boa tem que apertar forte e doer

Mito

Os movimentos da massagem conduzem as toxinas até o gânglio mais próximo. Elas passam por vasos linfáticos, que são muito finos e estão bem próximos à superfície da pele. Por isso, é necessário aplicá-la com delicadeza e conhecimento técnico, para que as toxinas sigam o caminho correto até serem eliminadas sem machucar o corpo.

 

A drenagem ajuda a combater os efeitos da TPM

Verdade

Por eliminar impurezas e reduzir o inchaço, é comum que as mulheres em período pré-menstrual se sintam melhor depois de uma sessão. Além disso, poder desligar do mundo e se permitir uma hora de relaxamento melhora qualquer incômodo, certo?

 

É normal urinar mais depois de uma sessão de drenagem linfática

Verdade

Como os movimentos conduzem as toxinas até a circulação sanguínea, os rins se encarregam de eliminá-las na urina. Assim, é normal ir mais vezes ao banheiro. Nem todo paciente percebe essa diferença – então não é preciso se preocupar se ela não ocorrer.

 

Drenagem linfática emagrece

Mito

A massagem reduz o inchaço do corpo eliminando toxinas, mas ela sozinha não é responsável por eliminar gordura. O mais importante para emagrecer é incorporar à rotina bons hábitos alimentares e exercícios físicos. Procedimentos adicionais são muito bem-vindos e, se corretamente prescritos por um profissional capacitado, ajudam a reduzir inchaços e a acelerar o metabolismo.

 

Grávidas devem usar e abusar da drenagem linfática

Parcialmente verdade

A drenagem apresenta resultados muito bons em gestantes que ficam inchadas, principalmente nos últimos meses da gravidez. Mas, antes de iniciar o tratamento, é indispensável a prescrição médica. As massagens podem não ser indicadas em mulheres com determinadas doenças, como hipertensão ou as relacionadas ao sistema circulatório.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Hoje abordaremos um problema estético que aflige pessoas de todas as idades, com ou sem sobrepeso: as celulites. Elas podem surgir nas coxas, abdômen, nádegas e braços por múltiplos motivos como: má alimentação, sedentarismo, fumo, problemas circulatórios, alterações hormonais e até o estresse. Também vamos mostrar tratamentos estéticos que ajudam a diminuir as celulites.

Quando ocorre ingestão excessiva de gorduras, açúcares e álcool, por exemplo, o corpo acaba produzindo toxinas difíceis de serem drenadas. Elas se acumulam na corrente sanguínea, tornam o sangue viscoso, comprimem as células e dificultam a circulação, fazendo com que o corpo entenda estar em meio a um processo inflamatório. O organismo, como mecanismo de defesa, acaba criando nódulos que se transformam nas ondulações típicas das celulites.

Conversamos com a Luciana, coordenadora de tratamentos estéticos da Clínica Maddarena, que nos falou de alguns tratamentos indicados para o combate às celulites. “A drenagem linfática corporal é uma técnica indicada para quem sofre com retenção de líquidos, mas também traz bons resultados na aparência das celulites e das ondulações de pele. Outros dois tratamentos contra esse problema são o Max Redux e o Venus Freeze”, completa Luciana.

Quando voltarmos a falar das celulites, explicaremos como funcionam o Max Redux e o Venus Freeze. Continue nos acompanhando tanto no blog como nas mídias sociais para se manter informado sobre o universo dos tratamentos estéticos.

Há uma série de recomendações médicas a serem seguidas pelo paciente após ele ter se submetido a algum procedimento cirúrgico. Já mostramos diversas vezes aqui neste blog alguns dos cuidados que se deve ter no processo de recuperação de várias cirurgias. O objetivo do post de hoje é apresentar alguns tratamentos estéticos que, quando associados, auxiliam o paciente durante o período pós-operatório.

Conversamos sobre o assunto com a Luciana Porto, coordenadora da área de Estética da Clínica Maddarena. Ela falou a respeito de técnicas que auxiliam na redução de edemas e fibroses: “indicamos a associação de três tipos de tratamento: a Drenagem Linfática, o Ultrassom e o Multiwaves. ”

Luciana explicou que a Drenagem Linfática é uma técnica realizada por profissionais capacitados e consiste em movimentos suaves em pontos específicos. Tais movimentos colaboram para a diminuição de edemas e inchaços provenientes do procedimento cirúrgico.

Já no Ultrassom, ondas são emitidas com o objetivo de diminuir fibroses por ter efeito anti-inflamatório.

O terceiro tratamento estético complementar é o de Multiwaves, terapia realizada por meio da aplicação de luzes de LED. “O Multiwaves é um tratamento totalmente indolor que auxilia no processo de recuperação dos tecidos. Ele tem excelente indicação no pós-operatório pois minimiza os desconfortos causados neste período e acelera a cicatrização”, explica Luciana.

Esperamos que as informações tenham sido esclarecedoras e que você, leitor(a) que pretende realizar alguma cirurgia, considere incluir esses tratamentos como ferramentas auxiliares à sua recuperação.

×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.