Categoria: Estética

Antes do inverno chegar, a indústria da moda começa a apresentar suas tendências para a estação. Vamos fazer um pouco diferente, até porque o inverno já começou. Queremos te propor um convite: que tal aproveitar o inverno para, além de turbinar o guarda-roupas, investir em um tratamento estético para você e colher os frutos no próximo verão? Essa é a estação do ano mais apropriada para a realização de procedimentos estéticos, sejam eles cirúrgicos ou não.

Tratamentos como Peeling Químico, Multiwaves, Blefaroplastia, Laser e aplicações de Toxina Botulínica e Ácido Hialurônico podem suavizar rugas e proporcionar uma aparência mais jovem e relaxada para sua pele. Já para o corpo, intervenções em estrias, cicatrizes e gordura localizada exigem repouso na recuperação. Bem melhor repousar em dias frios, não é? Falando em recuperação, ao passar por um procedimento é sempre recomendado que se evite a exposição ao calor.

Pense que se submeter a esses procedimentos agora são como investimentos que você faz em si mesmo e se refletem na sua saúde, autoestima e visual. Então, nesse inverno, aceite o nosso convite: procure um médico especialista e agende uma avaliação. Na primavera/verão você vai nos agradecer!

VEJA MAIS POSTS SOBRE

Hoje abordaremos um problema estético que aflige pessoas de todas as idades, com ou sem sobrepeso: as celulites. Elas podem surgir nas coxas, abdômen, nádegas e braços por múltiplos motivos como: má alimentação, sedentarismo, fumo, problemas circulatórios, alterações hormonais e até o estresse. Também vamos mostrar tratamentos estéticos que ajudam a diminuir as celulites.

Quando ocorre ingestão excessiva de gorduras, açúcares e álcool, por exemplo, o corpo acaba produzindo toxinas difíceis de serem drenadas. Elas se acumulam na corrente sanguínea, tornam o sangue viscoso, comprimem as células e dificultam a circulação, fazendo com que o corpo entenda estar em meio a um processo inflamatório. O organismo, como mecanismo de defesa, acaba criando nódulos que se transformam nas ondulações típicas das celulites.

Conversamos com a Luciana, coordenadora de tratamentos estéticos da Clínica Maddarena, que nos falou de alguns tratamentos indicados para o combate às celulites. “A drenagem linfática corporal é uma técnica indicada para quem sofre com retenção de líquidos, mas também traz bons resultados na aparência das celulites e das ondulações de pele. Outros dois tratamentos contra esse problema são o Max Redux e o Venus Freeze”, completa Luciana.

Quando voltarmos a falar das celulites, explicaremos como funcionam o Max Redux e o Venus Freeze. Continue nos acompanhando tanto no blog como nas mídias sociais para se manter informado sobre o universo dos tratamentos estéticos.

Há uma série de recomendações médicas a serem seguidas pelo paciente após ele ter se submetido a algum procedimento cirúrgico. Já mostramos diversas vezes aqui neste blog alguns dos cuidados que se deve ter no processo de recuperação de várias cirurgias. O objetivo do post de hoje é apresentar alguns tratamentos estéticos que, quando associados, auxiliam o paciente durante o período pós-operatório.

Conversamos sobre o assunto com a Luciana Porto, coordenadora da área de Estética da Clínica Maddarena. Ela falou a respeito de técnicas que auxiliam na redução de edemas e fibroses: “indicamos a associação de três tipos de tratamento: a Drenagem Linfática, o Ultrassom e o Multiwaves. ”

Luciana explicou que a Drenagem Linfática é uma técnica realizada por profissionais capacitados e consiste em movimentos suaves em pontos específicos. Tais movimentos colaboram para a diminuição de edemas e inchaços provenientes do procedimento cirúrgico.

Já no Ultrassom, ondas são emitidas com o objetivo de diminuir fibroses por ter efeito anti-inflamatório.

O terceiro tratamento estético complementar é o de Multiwaves, terapia realizada por meio da aplicação de luzes de LED. “O Multiwaves é um tratamento totalmente indolor que auxilia no processo de recuperação dos tecidos. Ele tem excelente indicação no pós-operatório pois minimiza os desconfortos causados neste período e acelera a cicatrização”, explica Luciana.

Esperamos que as informações tenham sido esclarecedoras e que você, leitor(a) que pretende realizar alguma cirurgia, considere incluir esses tratamentos como ferramentas auxiliares à sua recuperação.

Hoje daremos início ao tema Cicatrização. A cicatrização é um processo biológico que se divide em 3 fases, começando imediatamente após a lesão, seja ela acidental ou proveniente de uma cirurgia. Vamos ilustrar este processo por meio de uma analogia, como se fosse a reforma de uma casa.

A 1ª fase é chamada de Fase Inflamatória, onde ocorre o preparo do “canteiro de obras”, com aumento do número de vasos sanguíneos no local. Por eles chegam os “operários”, as células e os materiais necessários para o “conserto”.

A 2ª fase, que se inicia após 1 ou 2 dias, é chamada de Fase Proliferativa, pois é nela que são produzidas as fibras de colágeno, que vão “grudar” um lado ao outro da ferida. Há uma intensa produção de fibras e elas são depositadas umas sobre as outras, de qualquer maneira, sem muita organização. O auge da colagênese, a produção de colágeno, se dá por volta do 7º dia, e ainda se estende até por volta da 2ª semana.

No 15º dia se inicia a 3ª e última fase (esta pode durar de 1 até 2 anos) chamada de Maturação, o “acabamento” da cicatriz. Nela, o organismo irá retirar as fibras em excesso, tornar as outras fibras paralelas umas com as outras e adaptar a cicatriz às funções do local em que ela se encontra. A irrigação sanguínea será normalizada pouco a pouco, diminuindo assim a cor avermelhada, característica de toda cicatriz jovem.

É importante deixar claro a você, leitor(a), que toda cirurgia plástica deixa cicatrizes, mas em diversos casos o cirurgião consegue “escondê-las” nas linhas naturais do corpo. Não perca o próximo post sobre o tema, no qual daremos dicas de cuidados com as cicatrizes.

VEJA MAIS POSTS SOBRE

O Renov Cel nada mais é do que a limpeza manual profunda de pele, princípio de qualquer tratamento facial. Ela promove simultaneamente a remoção de impurezas e a limpeza dos poros. Além disso, esta limpeza de pele a prepara para receber princípios ativos de tratamentos complementares e contribui para uma melhor absorção dos produtos utilizados diariamente.

Conversamos sobre o Renov Cel e suas variações com a Luciana Porto, coordenadora de tratamentos estéticos da Clínica Maddarena. Ela nos contou que o tratamento, quando associado a terapias altamente tecnológicas como o Multiwaves, pode trazer ótimos resultados contra os sinais de envelhecimento da pele e também nos tratamentos para acne.

“O Renov Cel Premium é a associação da clássica limpeza de pele com a terapia Multiwaves. Neste tratamento a radiação emitida pelas luzes de LED favorece a energia celular e promove a estimulação de colágeno e elastina. Isto irá atenuar os sinais de envelhecimento e propiciar uma aparência mais jovem, principalmente em peles danificadas por excesso de exposição solar”, diz a especialista.

Para quem sofre com acnes a associação do Renov Cel tradicional com o tratamento Multiwaves também se faz necessária. O que diferencia esta técnica da antienvelhecimento é o tipo de luz aplicada. Luciana também trouxe explicações a esse respeito: “em tratamentos para a acne, a luz utilizada é a BLUE. Ela age diretamente na bactéria causadora da acne e tem efeitos calmante, descongestionante, anti-inflamatório e cicatrizante”.

Continue nos acompanhando aqui no blog e mandando suas dúvidas e sugestões pelas nossas redes sociais!

CONTATO

Para mais informações, entre em contato conosco.