Tag: "preenchimento"

Olhar no espelho e ver as olheiras demarcadas pode dar aquela sensação de abatimento, de sobrecarga, de estar carregando no semblante todo o peso dos problemas do ano. E, com o verão batendo à porta, mais ainda vem a vontade de resolver o visual.

Pois a solução não é tão complicada quanto parece. Hoje em dia, um bom tratamento feito com ácido hialurônico pode devolver a leveza de um aspecto jovem ao seu rosto. Claro que tudo precisa ser feito com responsabilidade e analisando caso a caso – por isso, uma boa conversa com seu médico é o primeiro passo para alinhar as expectativas.

 

O que é o ácido hialurônico e o que ele tem a ver com as olheiras?

Ácido hialurônico é um biopolímero que existe naturalmente em nosso organismo. Está no líquido sinovial – a “graxa” de nossas articulações –, no humor vítreo – a substância gelatinosa dos olhos – e no colágeno das células.

Quando somos jovens, temos uma quantidade alta dessa substância no tecido conjuntivo, por isso nossa pele é mais lisa, suave e elástica. Com o passar do tempo, a substância vai diminuindo – formam as rugas, acentuam-se as olheiras…

 

A hora do tratamento

Na maior parte dos casos, hoje em dia o tratamento com ácido hialurônico é a indicação mais adequada para amenizar a aparência de olheiras. Isto porque a substância, quando corretamente introduzida, reduz a impressão de profundidade embaixo dos olhos.

O tratamento combina aplicações de laser, que ativa a circulação sanguínea e diminui a coloração da pele nessas regiões.

Claro que, antes de qualquer diagnóstico, o médico precisa ouvir a queixa do paciente. Em seguida, ele vai avaliar a dinâmica, ou seja, a expressão facial, e os volumes do rosto, assim como as características da pele da região. Só então o tratamento mais adequado será decidido pelo cirurgião, sempre equilibrando o desejo do paciente e a necessidade.

 

Duração

Os efeitos da aplicação do ácido hialurônico para preenchimento não são perenes. No caso da redução das olheiras, o resultado costuma ser bom por cerca de um ano. Então, é preciso novamente avaliar a situação com o médico para, se for o caso, fazer nova aplicação do produto.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Seja por genética, seja pelos efeitos naturais do tempo, os volumes faciais de algumas pessoas são deficitários. A Ritidoplastia, também conhecida como Lifting Facial, pode ser uma alternativa de correção da Volumetria Facial. Para essa finalidade de complementar volumes há materiais sintéticos, como os implantes de silicone ou porex, que aumentam o contorno ósseo e também os preenchedores, como o Ácido Hialurônico.

Já o Nanofatgraft ou Lipofilling, como é mais conhecido, é um procedimento em que células de gordura são especialmente coletadas e preparadas para serem utilizadas em complementos de cirurgias faciais. Cânulas especiais fazem a coleta desses adipócitos, que depois são lavados e preparados para a transferência e são utilizados para melhorar o contorno dos olhos (incluindo as olheiras), o contorno da mandíbula e também para dar mais volume às maçãs do rosto. Os pré-adipócitos, formas jovens dos adipócitos, além de terem boa integração quando transferidos (não são reabsorvidos), produzem o Growing Factor, substância que melhora o metabolismo dos tecidos locais.

Não custa lembrar que só um médico especialista pode te dizer qual é a técnica ideal para tratar o seu caso. Portanto, além de seguir acompanhando o blog, é essencial que você agende uma avaliação médica e tire todas as suas dúvidas sobre a Ritidoplastia.

VEJA MAIS POSTS SOBRE

Se você era daquela parcela de alunos que olhava para fórmulas químicas e se perguntava se um dia alguma delas seria útil pra você, o post de hoje é em sua homenagem. Falaremos da fórmula molecular (C14H21NO11)n, o Ácido Hialurônico. Ele é uma substância que nosso organismo usa para a síntese da malha de colágeno e é também um dos componentes da membrana das nossas células. Outra função deste ácido é ajudar no transporte de moléculas de água entre os tecidos.

Com o passar do tempo, a quebra das fibras de colágeno no organismo causa o aparecimento de rugas e marcas de expressão. Para suprir essa demanda, a Ciência desenvolveu em laboratório o Ácido Hialurônico, uma substância que atua dando suporte a esta teia de fibras. Sua versatilidade pode ser benéfica no tratamento dos temidos “pés-de-galinha”, rugas no nariz e entre as sobrancelhas e até olheiras.

O Dr. Vitorio Maddarena pode explicar isso um pouco melhor: “Obtido de origem não animal, a configuração molecular do Ácido Hialurônico, com tecnologia cross-link, faz com que se torne estável em nosso organismo e que dure cerca de 12 meses. Pode ser usado para fazer preenchimentos, corrigindo a falta de volume em concavidades, rugas e sulcos, e também em técnicas sofisticadas como a Ancoragem Facial. ”

Viu só como essa fórmula química pode ser muito útil para a saúde e beleza da nossa pele? Então fique ligado(a) porque em breve voltaremos a falar desse assunto, mais precisamente da técnica de Ancoragem Facial, citada pelo Dr. Vitorio no post de hoje.

×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.