fbpx

Tag: "aplicação"

Na semana passada falamos sobre o envelhecimento das mãos e como elas são facilmente  esquecidas na rotina de cuidados diários com a pele. O pescoço é outra região que, mesmo próxima ao rosto, nem sempre conta com a mesma atenção. Entenda com a gente por que é preciso mudar isso e saiba como é simples dar atenção a essa área que merece nosso carinho. 

 

A pele do pescoço é igual à do rosto?

Não. Ela tem menos glândulas sebáceas (já reparou como temos bem menos acne na região?) e, por isso, tem menor poder de hidratação, podendo ficar ressecada mais facilmente. Além disso, é um pouco mais fina do que as principais regiões do rosto, se assemelhando à área do contorno dos olhos.

 

Que tipo de cosméticos usar?

A pele do pescoço, mesmo sendo um pouco diferente da do rosto, responde muito bem à maioria dos cosméticos formulados para a face. Mas não se esqueça: por ser mais fina, produtos com fórmulas especiais — como os ácidos — podem machucar a região. Por isso, é importante se consultar periodicamente com um dermatologista para entender as melhores soluções para cada caso. 

 

Como tratar manchas no pescoço?

Por ser uma região sensível, constantemente exposta ao sol e nem tão lembrada nos cuidados diários, com o tempo a pele do pescoço pode começar a apresentar manchas. Nesses casos, um médico dermatologista deve ser consultado para, antes de tudo, avaliar a pele e descartar a possibilidade de lesões mais graves. Há diversos tratamentos eficazes, como peelings, laser e aplicação de ácidos especialmente formulados para áreas sensíveis.  

 

E como acabar com a papada? 

A medicina conta com várias soluções para a temida papada, que é a flacidez e o excesso de pele na região do pescoço. Dependendo das características e do histórico de cada paciente, é possível lançar mão de soluções mais ou menos invasivas. Uma novidade recente é o coolsculpting, técnica que cristaliza as células de gordura e faz com que sejam eliminadas gradualmente pelo organismo

Também é possível estimular a produção de colágeno da região para melhorar o tônus da pele e o contorno em geral. 

Em casos em que a papada é mais evidente e persistente, como quando a pessoa perde muito peso, a cirurgia plástica é uma ótima aliada. O médico usa técnicas como lifting e lipoaspiração, melhorando o contorno do rosto e o perfil do paciente.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Muita gente diz que é possível adivinhar a idade de uma pessoa olhando para suas mãos. Mas como retardar o envelhecimento delas? É possível usar os mesmos cremes e tratamentos que usamos no rosto? 

 

Como as mãos envelhecem

Com o tempo, a pele de todo o nosso corpo envelhece. É um processo natural. As nossas mãos, por terem uma pele fina em constante movimento, evidenciam mais o envelhecimento. Além disso, mesmo quando as pessoas incorporam desde cedo cuidados com o rosto, muitas delas não fazem o mesmo com outras partes do corpo, como mãos e pescoço.

Por isso, é importante entender o que está causando o aspecto envelhecido das mãos para chegar à melhor solução.

 

Retardando o envelhecimento das mãos com protetor solar

O sol é um dos grandes responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele. Então, quando proteger o rosto, também não se esqueça das mãos! Uma forma fácil de incorporar esse cuidado na rotina é usar cremes hidratantes com fator de proteção solar. Leve sempre na bolsa e deixe também um no carro. Se você dirige, as mãos ao volante ficam mais expostas e merecem cuidado. 

 

Manchas senis

O nome pode ser chocante, mas estamos falando daquelas manchas marrons que aparecem geralmente pela exposição desprotegida ao sol. Elas não aparecem necessariamente em pessoas de idade e podem ser amenizadas com diversos tratamentos. Só um médico pode dizer qual a melhor opção para cada caso. É possível contar com peelings, aplicações de laser, cremes com formulações específicas e até mesmo combinar duas ou mais soluções. 

 

Preenchimento para rejuvenescimento das mãos

Em casos em que as mãos apresentam veias saltadas, é possível preencher o dorso com um composto especial, que recupera o volume e atenua o tom escuro dos vasos. É um procedimento feito no consultório do médico, pode necessitar de mais de uma sessão e deve ser refeito anualmente.

 

Combatendo a flacidez com colágeno e bioestimuladores

A diminuição de colágeno que ocorre naturalmente em nosso corpo é responsável pelo visual flácido das mãos. Tal efeito pode ser contornado com aplicação de ácido hialurônico, um componente naturalmente presente em nosso organismo e que rende bons resultados, sem rejeição. 

Em outros casos, é possível usar o ácido polilático, geralmente comercializado sob o nome Sculptra. Trata-se de uma substância que estimula nosso corpo a produzir o colágeno que perdemos naturalmente na idade adulta. Saiba mais sobre essa técnica aqui, que também pode ser usada para combater celulite e flacidez em outras regiões do corpo. A hidroxiapatita de cálcio é outro bioestimulador com resultados muitos bons para o rejuvenescimento das mãos.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

A indústria de cosméticos tem evoluído muito, cada vez com produtos mais potentes. Mas a forma como eles são aplicados influencia muito nos resultados. Veja com a gente o que você pode fazer para turbinar o efeito daquele seu creme favorito!

 

Abra caminho com a esfoliação

A camada mais superficial da pele acumula células mortas e resíduos que impedem que os cosméticos sejam completamente absorvidos. É possível reduzir esse obstáculo com uma esfoliação correta. Ela pode ser feita de forma mecânica – com um sabonete esfoliante, por exemplo – ou química, com peelings e ácidos especiais.

Mas atenção: a esfoliação deve ser feita na frequência e intensidade correta para cada tipo de pele. Caso contrário, corre-se o risco de se machucar ou causar oleosidade em excesso.

O tipo de pele influencia na melhor forma de esfoliação e só um especialista pode indicar os procedimentos corretos.

 

Cuide da limpeza diária

Se a esfoliação é feita de vez em quando, a higienização da pele deve ser frequente. Mais precisamente duas vezes por dia: na hora de dormir e ao acordar. Isso porque, ao longo do dia, nosso rosto acumula oleosidade, poluição e resíduos de maquiagem e cosméticos. Invista em um sabonete apropriado para seu tipo de pele e converse com seu dermatologista sobre tônicos faciais, séruns e outros produtos para manter a pele limpa, com a oleosidade controlada e com o pH balanceado.

 

Ative a circulação

Para que hidratantes sejam melhor absorvidos, faça uma leve massagem em movimentos circulares. Além de ativar a circulação da área, é uma delícia. Dê um presente para você mesma e dedique um minuto de relaxamento antes de dormir e ao acordar. Você merece!

 

Fique de olho no relógio

Alguns cosméticos não são indicados para quem vai se expor ao sol e, por isso, devem ser aplicados à noite, antes de dormir. Conheça as características de seus produtos e siga sempre as instruções de uso.

 

Conheça o drug delivery

É a combinação de tratamentos como laser e microagulhamento para fazer com que medicamentos alcancem camadas mais profundas da pele. Trata-se de um tratamento altamente eficaz, mas delicado. Apenas um médico habilitado pode conduzi-lo.

 

Consulte sempre seu dermatologista

Nossa pele muda muito ao longo dos anos e um produto que sempre funcionou pode passar a não ser a melhor opção. Sem contar que a indústria dos cosméticos é uma das que mais avançam em pesquisa e tecnologia.

Mudanças como hormônios, idade, níveis de estresse e até novos hábitos podem alterar as necessidades da pele. Visite seu dermatologista pelo menos uma vez por ano. É a melhor oportunidade para tirar dúvidas, entender o próprio corpo e ajudar no diagnóstico precoce de doenças graves, como o câncer de pele.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

 

A toxina botulínica, comercializada principalmente sob a marca Botox, é muito conhecida no combate às rugas e às linhas de expressão. No rosto, ela atua relaxando os músculos e impedindo que se criem as chamadas rugas dinâmicas.

Mas você sabia que ela também é indicada para muitas outras finalidades?

Conheça aqui algumas delas:

 

Estrabismo

Curiosidade histórica: a primeira aplicação médica da toxina não foi com fins estéticos. Pesquisadores descobriram que ela ajudava a relaxar músculos oculares, atenuando certos quadros de estrabismo. E até hoje ela é uma alternativa à tradicional cirurgia de correção do problema. Um médico especializado aplica o produto no músculo que está contraído de forma indevida. Uma vez relaxado, ele permite que o olho se alinhe de forma correta.

 

Suor excessivo

Para quem sofre de hiperidrose, é possível aplicar a toxina botulínica em áreas como axilas, palmas das mãos e solas do pé. O medicamento inibe a produção de suor pelas glândulas sudoríparas e deve ser reaplicado a cada cerca de 6 meses.

 

Enxaqueca crônica

Reduzindo os impulsos nervosos que chegam ao cérebro, o Botox também pode ser indicado em casos em enxaqueca. Com injeções na região da cabeça e do pescoço, ele bloqueia contraturas musculares que agem como gatilho para as crises.

 

Bexiga hiperativa

Quem sofre de idas excessivas ao banheiro pode se beneficiar do Botox. Ele reduz as contrações involuntárias da bexiga, dando mais conforto ao paciente.

 

Blefaroespasmo

Este é o nome técnico do movimento descontrolado de piscar os olhos. Aplicações regulares da toxina permitem corrigir as contrações involuntárias dos músculos das pálpebras.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

Peeling facial é, na verdade, o nome que damos a vários tratamentos que têm como função remover manchas e marcas na pele. A ideia é provocar a renovação cutânea, removendo a camada mais superficial e dando lugar a uma nova.

E não é só o rosto que se beneficia: é possível tratar outras áreas do corpo, como o pescoço, costas, braços, pernas e em regiões com estrias.

Produtos diferentes atuam em profundidades também diferentes da pele: os mais superficiais combatem sardas, poros dilatados e manchas superficiais. Os mais profundos são indicados para cicatrizes, rugas e manchas mais persistentes.

Como são várias indicações, há diversas técnicas que, reunidas, são chamadas de peeling. Só um profissional especializado pode determinar qual a mais adequada para um caso concreto. Conheça aqui os principais tipos:

 

Peeling mecânico

Um aparelho especial lixa a pele com muito cuidado. As ponteiras mais comuns são as de cristal e as de diamante – estas últimas geralmente indicadas quando se deseja alcançar camadas mais profundas. A quantidade de sessões varia de acordo com a pele do paciente e a frequência pode ser até semanal.

 

Peeling químico

A medicina desenvolveu ácidos destinados especialmente a remover de forma controlada as camadas superficiais da pele e a desempenhar ações farmacológicas. A descamação ocorre depois de alguns dias – é importantíssimo não esquecer do filtro solar. Os ácidos mais comuns para esse fim são o retinoico, o glicólico e o salicílico. É possível que o paciente sinta um certo desconforto nos dias que seguem a aplicação, sendo este mais um motivo para seguir com atenção os cuidados prescritos.

 

Laser

O laser, com suas múltiplas funções, é um incrível aliado dos tratamentos de beleza. Não é de se espantar que ele também possa promover a renovação da pele. Como se trata de um feixe de luz potente, é possível trabalhar com precisão em manchas e cicatrizes, inclusive escolhendo a profundidade desejada.

 

Vários tipos de peeling mas um só cuidado

É muito importante seguir à risca as orientações do profissional que conduziu um tratamento com peeling. Caso contrário, o problema pode até se agravar. A principal recomendação é evitar exposição ao sol e, quando esta for inevitável, usar protetor solar. Também é preciso informar o profissional sobre os produtos da rotina de beleza em casa para avaliar eventuais substituições ou suspensões durante o tratamento.

 

Já segue a Clínica Maddarena nas redes sociais?

instagram facebook1

×
Olá!
Como podemos te ajudar?
Por favor, digite seu nome.